exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

BMW anuncia novo i3 com mais autonomia

O BMW i3 vai ser capaz de fazer viagens mais longas graças a uma nova bateria com mais capacidade.

  • 333

Sérgio Magno

Já se sabia que a BMW estava a trabalhar numa nova bateria para o i3. Agora, a marca alemã confirmou que as novas versões do i3 com bateria de 33 kWh (os atuais i3 usam uma bateria de 22 kWh) vão chegar ao mercado dentro de meses (no verão).

Segundo o comunicado da BMW, o aumento de 50% da capacidade vai permitir uma autonomia máxima de 300 km de acordo com a norma NEDC, bem mais que os 190 km dos i3 com bateria de 22 kWh. De acordo com os testes da própria BMW, é fácil conseguir uma autonomia real, usando ar condicionado e uma condução despreocupada, de 200 km. O mesmo comunicado salienta que o i3 é o mais eficiente veículo elétrico da classe, anunciado um consumo de 12,6 kWh/100 km. Uma característica que se deve, em grande parte, ao reduzido peso do veículo, cuja carroçaria é construída em fibra de carbono.

A nova bateria demora um pouco mais tempo a carregar: cerca de 4h30 a usar um carregador de nível 2 (o modelo de 22 kWh precisa de 3h30) e quase 40 minutos dos 0 aos 80% num posto de carga rápida de 50 kWh, como os existentes na autoestrada que liga Lisboa ao Porto (a versão de 22 kWh precisa de cerca de 25 minutos).

Os i3 com bateria de 22 kWh vão continuar disponíveis no mercado e também vai existir uma variante Range Extender do novo i3 – versão com gerado elétrico associado a um motor a gasolina compacto, que permite aumentar a autonomia através da carga da bateria.

A garantia da bateria do BMW i3 é de oito anos ou 100 mil quilómetros.

De acordo com a BMW Portugal, as primeiras unidades do novo i3 deverão chegar ao nosso país em julho/agosto. Os preços ainda não estão confirmados, mas estima-se que as versões com autonomia extra deverão custar cerca de 3000 euros a mais que as versões com bateria de 22 kWh.

A opção de troca de bateria, que vai permitir o upgrade dos 22 para os 33 kWh para os utilizadores dos modelos atuais, deverá estar disponível em Portugal, embora a marca ainda não tenha detalhes sobre esta operação (custos e disponibilidade).

  • 333