exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

Tesla promete 500 mil carros por ano já em 2018

A Tesla informou os acionistas que vai antecipar as metas de produção para responder à forte procura dos automóveis da marca. O próprio Elon Musk estará a dormir junto da linha de produção.

  • 333

Sérgio Magno

Há dois anos a Tesla anunciava que tinha como objetivo chegar a uma produção anual de 500 mil carros em 2020. Na altura, muitos analistas consideraram o objetivo demasiado otimista para uma marca que tinha uma capacidade de produção mensal de poucos milhares de veículos. Na verdade, em 2014 foram produzidos menos de 40 mil Tesla.

Mas as já mais de 400 mil reservas do Model 3 vieram acelerar o processo. De acordo com a carta enviada pelos acionistas, Elon Musk espera produzir entre 100 a 200 mil Model 3 na segunda metade de 2017. E em 2018, a capacidade total de fabrico da Tesla deverá de ser de 500 mil carros por ano. Dois anos antes do previsto. Mas mesmo que estes valores se concretizem, dificilmente a merca conseguirá entregar todos os Model 3 já reservados até ao final de 2018, isto porque as vendas do Model S e do Model X estão também em alta e, como tal, estes modelos vão ocupar parte importante da produção.

Um dos prolemas mais prementes que Musk está a tentar resolver prende-se com o atraso de entrega dos Model X, o SUV de alto desempenho da marca. De tal modo que o próprio Elon Musk declarou aos acionistas que se mudou para o final da linha de produção deste veículo, onde até chega a dormir num saco cama.

Na mesma carta, a Tesla volta a referir o preço base de 35 mil dólares para o Model 3, indicado ainda que este carro vai permitir vendas com «fortes margens brutas». Refira-se que alguns concorrentes da Tesla têm indicado que não acreditam que o Model 3 possa ser vendido ao preço anunciado e, mesmo assim, trazer lucro para a marca californiana. Os acionistas parece terem acredito nas palavras de Musk, já que após a carta as ações da Tesla subiram 4,2%.

  • 333