exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

Google regista patente para tecnologia que cola os peões ao capô do carro

Os veículos autónomos da Google poderão vir a ser equipados com uma espécie de adesivo que cola o peão ao carro em caso de embate. O objetivo é evitar os ferimentos provocados pelo impacto secundário, ou seja, quando a vítima é projetada para o solo.

  • 333

Paulo Matos

Um dos principais objetivos da Google com os carros autónomos é contribuir para o aumento da segurança rodoviária, mas a empresa está consciente que os acidentes serão inevitáveis. Por isso, registou uma patente que pretende minimizar os ferimentos dos peões: uma espécie de camada de adesivo no capô do automóvel que faz com que as pessoas fiquem coladas à viatura em caso de colisão.

O objetivo é que o peão fique colado ao carro até que ele pare a marcha e, desta forma, se evite o impacto secundário, ou seja, quando a vítima é projetada e bate no chão ou noutro objeto, revela o The Guardian. É que muitos ferimentos dos peões provocados por atropelamentos têm origem no momento em que embatem no solo e não no impacto inicial.

Como conduzir com um capô coberto por uma espécie de fita adesiva de dupla face iria atrair pó e insetos, a Google prevê cobrir a parte dianteira do veículo com uma espécie de ‘casca de ovo’, adianta o The Verge. Isto é, uma cobertura que tapa o adesivo e que se parte instantaneamente no momento de impacto.

  • 333