exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

Citröen C3: agora com câmara no para-brisas e “almofadas” nas portas

tibo

O novo C3 parece ter nascido de um caso amoroso entre o C4 Cactus e um DS3. As dezenas de opções de personalização da carroçaria e do interior e o design original garantem que este carro não vai passar despercebido.

  • 333
A dashcam tem uma resolução de 2 MP e pode ser acedida via Wi-Fi

A dashcam tem uma resolução de 2 MP e pode ser acedida via Wi-Fi

Ninguém vai ficar indiferente ao novo C3. Isso é garantido. Aliás, nos cerca de 200 quilómetros que fizemos em Barcelona e arredores durante a apresentação do carro à imprensa, verificámos isso mesmo: o C3 atraiu muitos olhares e até foi motivo para algumas selfies. Talvez porque um dos modelos que conduzimos usava uma combinação de cores nada conservadora: branco, com “apontamentos” em vermelho, tejadilho vermelho com um grade “0” a branco, almofadas anti-encosto nas portas (a Citröen chamas-lhe airbumps) e guarda-lamas e partes inferiores dos para-choques em preto. Ou seja, um estilo que mistura um pequeno desportivo (inspiração DS3) com um pequeno crossover (inspiração C4 Cactus). A acreditar nos comentários, este é um carro «giro». Mas todas estas cores e mais umas quantas coisas podem ser personalizadas pelo cliente. No evento, a Citröen até tinha um tejadilho com o tema Space Invaders.

Criado para a geração Facebook e YouTube

As dashcam, aquelas pequenas câmaras que se montam nos para-brisas, tornaram-se muito populares em algumas latitudes, sobretudo lá mais para o leste da Europa. Mas também em Portugal já são relativamente comuns – o mesmo se pode dizer das GoPro montadas nos capacetes de muitos motards.

No novo C3 esta câmara já vem de fábrica. Montada logo por baixo do retrovisor central, a câmara regista 30 segundos de vídeo sempre que há uma desaceleração forte ou um acidente. Um botão permite gravar fotos ou vídeos sempre que o utilizador queira. E quantas vezes, enquanto conduzia, já viu uma cena estranha que gostaria de registar em vídeo? O dispositivo inclui Wi-Fi para comunicar com uma app gratuita para smartphones Android e iPhone, o que permite publicar rapidamente as fotos e os vídeos nas redes sociais.

Aliás, há uma forte aposta na tecnologia, como é visível no ecrã central tátil generoso, com sistema de navegação da Tom Tom, que inclui cálculo de rota em função do estado do trânsito, bem como capacidade de reproduzir ficheiros multimédia a partir de uma porta USB. Graças ao Mirro Link e ao Apple Car, é possível “espelhar” algumas das apps que correm no smartphone (a ligação é via Bluetooth).

O preço do novo C3 começa nos 12.650 euros para a versão com motor 1.2 (gasolina, 68 cavalos) e sem o tal ecrã central generoso. A versão mais equipada começa nos 20.650 euros, com motor Diesel 1.6 de 100 cavalos.

A ConnectedCAM (a tal dashcam) e o ecrã tátil de 7 polegadas são opcionais disponíveis a partir do nível Feel (preço base de 13.850 euros), com um preço de, respetivamente, 700 e 300 euros. Sim, por 700 euros, esta deve ser a dashcam mais cara do mercado! As versões Shine (preço a partir de 16.450 euros) já incluem de série o ecrã tátil e o custo da câmara baixa para 250 euros.

O ecrã tátil central tem uma diagonal de 7 polegada e inclui navegação com trânsito em tempo real

O ecrã tátil central tem uma diagonal de 7 polegada e inclui navegação com trânsito em tempo real

tibo

  • 333