exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

Tesla acaba com “as borlas” ilimitadas nos Superchargers

Os Tesla comprados a partir de janeiro do próximo ano vão deixar de ter acesso a carregamentos ilimitados na rede de supercarregadores da marca.

  • 333

Até agora, quem comprava um Tesla adquiria também o direito de carregamentos grátis “para a vida” na rede de supercarregadores, que permite “atestar” as baterias dos Tesla em pouco tempo – 30 minutos de carga podem ser suficientes para aumentar a autonomia em quase 300 km. Ou seja, o preço de um Tesla incluía o custo da energia para toda a vida do carro, uma oferta que foi muitas vezes considerada revolucionária.

Mas a Tesla decidiu limitar consideravelmente esta oferta para carros comprados a partir do primeiro dia de 2017. Estes veículos vão poder continuar a usar a rede da Tesla, mas os carregamentos grátis vão ser limitados a um total de 400 kWh por ano. Uma capacidade que, segundo a Tesla, dá para “cerca de 1600 km”. Ainda assim, a Tesla garante que o custo que vai cobrar quando o valor grátis for ultrapassado vai ser «menos do que encher o depósito de um carro a gasolina comparável».

A Tesla informa ainda que o preço cobrado poderá variar em função do custo da energia, mas que a «Rede Supercharger nunca vai ser um centro de lucros».

Elon Musk já tinha informado que o futuro Model 3, o Tesla que deverá começar a ser comercializado em meados do próximo ano, iria ter limitações no acesso à rede de supercarregadores.

Segundo informações disponíveis no site da Tesla, vão ser instaladas três estações de supercarregadores em Portugal até ao final do ano.