exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

Hyundai Ioniq Hybrid Tech em teste: em nome da eficiência

O Ioniq foi claramente desenvolvido com o objetivo de ser o mais eciente possível. Aliás, a eciência começou logo na fase projeto: a Hyundai desenvolveu uma plataforma que vai ser comum a diferentes veículos eletricados.

  • 333

Um título curto, mas que descreve muito bem este carro. O Ioniq foi claramente desenvolvido com o objetivo de ser o mais eficiente possível. Aliás, a eficiência começou logo na fase projeto: a Hyundai desenvolveu uma plataforma que vai ser comum a diferentes veículos eletrificados. O Hybrid é a primeira versão a chegar ao mercado nacional, mas o Ioniq vai esta disponível na versão totalmente elétrico e na versão Plug-in. O elétrico puro recorre a uma bateria de 28 kWh com uma autonomia máxima superior a 250 km. O Plug-in é muito semelhante ao híbrido ensaiado, mas com uma bateria de maior capacidade, para fazer uns quantos quilómetros sem recorrer ao motor de combustão, que pode ser carregada com fontes externas. Coisa que não é possível fazer no híbrido convencional, a versão que ensaiámos. Como é típico dos híbridos não plug-in, a bateria é carregada pelo próprio carro através do motor de combustão e nas descidas e desacelerações. Na prática, o motor de combustão é desligado muitas vezes, sobretudo no “para arranca” típico da condução urbana.

Este conteúdo é parte integrante da Exame Informática Semanal. Para continuar a ler clique AQUI (acesso gratuito).

  • 333