exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

Nissan Qashqai com "piloto automático" chega em março de 2018

Já conduzimos o novo Nissan Qashqai que se apresenta mais sofisticado e com melhor equipamento tecnológico na área da segurança. A versão com Pro Pilot chega em março do próximo ano.

  • 333

É o SUV mais vendido em Portugal e, como tal, percebe-se a importância da chegada da nova versão, que começa a ser vendida em agosto. Os preços começam nos 25950 euros para a versão de entrada com motor a gasolina (1.2 Turbo de 115 cavalos), enquanto o Diesel mais acessível (1.5 dCI de 110 cavalos) vai custar 28850 euros. Um ligeiro aumento de preço que, segundo a Nissan, é justificada pelo acréscimo de equipamento.

No exterior, as principais mudanças são visíveis na grelha frontal e nos faróis, já que o novo Qashqai mantém as dimensões e a altura ao solo da versão anterior. Em termos dinâmicos, as alterações mais significativas estão na suspensão, que a Nissan garante estar um pouco mais desportiva, e na direção mais precisa e com capacidade de eliminar mais vibrações transmitidas pela estrada. Nota-se também a tecnologia de apoio que ajuda o volante a voltar ao centro. As motorizações são as mesmas, mas com otimizações para diminuir as vibrações e garantir uma maior progressividade.

Há também melhorias importantes no capítulo do isolamento, onde se destacam os vidros traseiros mais espessos e alguns elementos extra para diminuir o ruído a bordo. No interior, há acabamentos um pouco mais sofisticados, com destaque para um volante multifunções “cortado” no inferior para facilitar a entrada e saída do carro.

Mas é na tecnologia que estão as principais melhorias. Sobretudo no capítulo da segurança. Nas versões melhor equipadas, o Qashqai inclui travagem automática com capacidade de detetar peões e sistema de alerta de trânsito que se aproxima por trás. Um sistema que ajuda a evitar acidentes a sair de um parque de estacionamento em marcha atrás. Tecnologias que se vêm juntar às outras tecnologias já disponíveis nas versões atuais, como o alerta para transposição acidental de faixa, a deteção de sinais de trânsito, a câmara de 360 graus e a deteção de veículos nos ângulos mortos dos espelhos retrovisores. As versões de topo contam ainda com novos bancos mais envolventes e confortáveis e acabamentos mais requintados.

No que ao sistema de infoentretenimento diz respeito, a novidade que mais se ouve está no sistema de som Bose com oito altifalantes. Quanto à interface gráfica, houve uma pequena remodelação, mas nada de evidente. Notámos a falta de suporte para o Android Auto e Apple CarPlay, tecnologias que os representantes da Nissan garantem que vão ser adicionados num futuro próximo. Mas, infelizmente, também confirmámos que não vai ser possível fazer a atualização do computador de bordo dos carros vendidos entretanto para suportarem estas tecnologias.

Mas a grande novidade tecnológica é o ProPilot de primeira geração que vai ficar disponível a partir de março do próximo ano. Um sistema que, segundo a Nissan, vai permitir que o carro assuma a condução em autoestrada em engarrafamentos. Bastará pressionar um botão para que o carro consiga seguir o veículo da frente mantendo-se na faixa de rodagem. Ainda assim, a lei obriga a que o condutor mantenha o contacto com o volante. A Nissan não divulgou informações relativas ao custo desta tecnologia que, segundo o que a Exame Informática conseguiu apurar, vai ser um opcional, mesmo nas versões melhor equipadas.

Os preços para Portugal

Os preços para Portugal

  • 333