exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

Tesla Model 3 vai mesmo ter condução autónoma

O Model 3 foi revelado esta manhã. Confirmou-se o preço base de 35 mil dólares para a versão de entrada com autonomia de cerca de 350 km. Uma das opções é o Autopilot avançado, que permite fazer viagens sem intervenção do condutor... quando a legislação o permitir. Em Portugal, o Model 3 deverá ter um preço base de cerca de 40 mil euros

  • 333

Como prometido, esta sexta-feira à noite, madrugada de sábado em Portugal, Elon Musk entregou os primeiros Model 3 a 30 clientes e anunciou as características finais do novo modelo da Tesla.

O preço base foi confirmado: 35 mil dólares nos Estados Unidos. Mas a Tesla anunciou uma segunda versão, mais bem equipada, confirmado alguns dos rumores.

Model 3 Standard Battery

Uma das novidades é a mudança de estratégia na denominação dos modelos. Ao contrário dos Model S e X, o Model 3 não vai publicitar a capacidade da bateria. Na verdade, nem a Tesla indicou a capacidade da bateria, mas apenas a autonomia. A versão Standard, com preço base de 35 mil dólares, tem uma autonomia de 350 km, uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em cerca de 6 segundos (a Tesla anunciou 5,6 segundos dos 0 às 60 milhas por hora, o equivalente a 96,5 km/h). A velocidade máxima é de cerca de 210 km/h. A velocidade de carregamento é de pouco mais de 200 km em 30 minutos num dos supercarregadores da Tesla (Superchargers). Em casa, numa tomada de 32 A e 240 volts, a velocidade de carregamento é de carregamento é de quase 50 km/h.

Model 3 Long Range Battery

Com um preço base de 44 mil dólares os Estados Unidos, esta versão tem uma autonomia de cerca de 500 km e é um pouco mais rápido que a versão standard: 5,1 seg. de 0 a 60 milhas por hora (o que deve resultar em menos de 5,5 segundos dos 0 aos 100 km/h) e velocidade máxima de 225 km/h. As velocidades de carregamento são um pouco mais elevadas, atingindo mais de 270 km por hora na rede de Superchargers e 60 km/h em carregamento doméstico (240 volts, 40 amperes).

Disponibilidade

Já se sabe que as reservas do Model 3 já ultrapassaram as 400 mil, o que significa que tempos de espera deverão ser longos. Por enquanto, de modo a simplificar a produção, apenas a versão Long Range vai ser produzida. No outono será iniciada a produção da versão Standard Battery.

Elon Musk frisou como a Tesla tem aumentado a capacidade de produção. O objetivo inicial é produzir 5000 carros por semana, valor que deverá ser duplicado em 2018. Ainda assim, considerando que os clientes dos Estados Unidos, sobretudo da Califórnia, vão começar a receber os carros primeiro que os clientes europeus, o mais provável e que os primeiros Model 3 deverão chegar aos clientes portugueses mais para o final do próximo ano.

Ainda não há preços para Portugal, mas considerando a diferença de preços praticada atualmente para os Model S e X, é de esperar que o Model 3 tenha um preço entre 23 a 30 porcento superior em Portugal. É importante salientar que os preços nos Estados Unidos são sem impostos e que, como a Tesla não vai fabricar, pelo menos inicialmente, o Model 3 na Europa, há que contar com custos de importação.

Condução autónoma

Confirma-se que o Model 3 não vai ter qualquer sistema de informação visual em frente ao condutor. Toda a informação vai ser apresentada no ecrã centra tátil de 15 polegadas. Os dados mais importantes para a condução, como velocidade instantânea, são indicados no canto superior esquerdo do ecrã. Aliás, todo o interior é muito minimalista, o que, considerando as imagens, reforça a sensação de espaço a bordo. Característica que é reforçada pelo tejadilho de vidro, um dos elementos do pack Premium, que adiciona 5000 dólares ao preço do carro.

Como se esperava, todos os Model 3 vêm equipados com hardware Autopilot (conjunto de câmaras, sensores e radares), mas o Autopilot “melhorado” custa outros 5000 dólares. Esta tecnologia mantém o carro na faixa de rodagem, é capaz de realizar ultrapassagens, seguir saídas em autoestrada e estacionar. Tudo isto sem intervenção do condutor.

A capacidade de condução autónoma total (mais 3000 dólares e requer o Autopilot “melhorado” é capaz de realizar viagens integrais sem intervenção do condutor. Mas atenção que esta funcionalidade só estará disponível após atualização do software que estará dependente de alterações legais que permitam ativar este modo de condução.

De série, todos os Model 3 vão incluir sistemas de prevenção de acidentes, como travagem automática.

A lista de características completas está disponível no comunicado de imprensa da Tesla.