exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Carros

Primeiro supercarregador da Tesla em Portugal já está a ser instalado na zona de Fátima

Foto: UVE - www.uve.pt

O primeiro parque de supercarregadores Tesla, que permitem carregar as baterias dos Model S e X a uma potência máxima de 120 kW, está a ser instalado em Fátima, numa zona próxima da A1. É constituído por oito carregadores.

  • 333

Tudo indica que desta vez a Tesla vai cumprir a promessa de ter supercarregadores em Portugal até ao final do ano. De acordo com a informação divulgada pela UVE, o primeiro parque de oito supercarregadores Tesla está em fase adiantada de construção na zona de Fátima, a cerca de 2,5 km da saída 8 da A1, a autoestrada que liga Lisboa ao Porto.

Os supercarregadores estão instalados num estacionamento privado (Residencial Floresta Fátima) e, de acordo com as imagens divulgadas, este parque é constituído por oito postos de carregamento rápido. Recorde-se que a rede Superchargers da Tesla é exclusiva desta marca, não podendo ser utilizada por outros veículos elétricos.

Estes postos de carregamento rápido permitem “atestar” as baterias dos Tesla em pouco tempo – 30 minutos de carga podem ser suficientes para aumentar a autonomia em quase 300 km. Os Tesla adquiridos antes do início deste ano têm acesso gratuito ilimitado a estes carregadores. Os carros vendidos desde janeiro de 2017 podem continuar a usar a rede da Tesla, mas os carregamentos grátis foram limitados a um total de 400 kWh por ano. Uma capacidade que, segundo a Tesla, dá para “cerca de 1600 km”. Depois de ultrapassado este máximo, a Tesla passa a cobrar «um valor simbólico». No site da Tesla ainda não é indicado qual será o valor cobrado em Portugal, mas em Espanha a Tesla cobra 24 cêntimos de Euro por cada kWh, um valor que coloca este tipo de carregamento muito abaixo do equivalente a gasolina ou gasóleo.

De acordo com as informações disponíveis no mapa de carregadores da Tesla, estão previstas sete estações de supercarregadores em Portugal: três até ao final deste ano (Fátima, Estremoz e Castro Verde) e as restantes quatro até ao final de 2018 (Braga, Vila Real, Guarda e Faro).

  • 333