exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

MI - Mobilidade Inteligente

Nissan quer vender 1 milhão de carros eletrificados em 2022

A Nissan revelou estratégia a médio prazo da marca denominada M.O.V.E 2022. O objetivo passa por vender, anualmente, 1 milhão de carros elétricos e híbridos.

  • 333

A marca que produz o elétrico mais vendido no mundo, o LEAF, apresentou o plano M.O.V.E 2022 assente na eletrificação dos automóveis. De acordo com o comunicado do fabricante japonês, o objetivo é vender 1 milhão de automóveis eletrificados por ano a partir do ano fiscal de 2022.

O comunicado indicado sete objetivos:
«- Desenvolver oito novos automóveis puramente elétricos, com base no sucesso do novo Nissan LEAF;
- Lançamento de uma ofensiva de automóveis elétricos na China sob diferentes marcas;
- Introduzir um miniveículo “kei” elétrico no Japão;
- Lançar um crossover elétrico global, inspirado no Nissan IMx;
- Eletrificar novos modelos da INFINITI a partir do ano fiscal de 2021;
- Equipar 20 modelos em 20 mercados com tecnologia de condução autónoma;
- E alcançar 100% de conectividade em todos os novos automóveis Nissan, Infiniti e Datsun vendidos nos principais mercados até ao final do plano.»

Na conferência de imprensa, a Nissan indicou ainda que vai reforçar a aposta na tecnologia híbirda e-Power, já disponível no japão, país onde esta versão já representa mais de dois terços da venda do modelo Note.

De acordo com as previsões da Nissan, em 2022 40% dos carros desta marca vendidos no Japão e Europa serão eletrificados, valor que subirá para 50% até 2025.

Como parte da sua estratégia para sistemas de condução autónoma, a Nissan anunciou planos para implementar a tecnologia ProPILOT em 20 modelos em 20 mercados até 2022. A empresa espera vender anualmente 1 milhão de automóveis equipados com o seu sistema ProPILOT até 2022.

Em paralelo o sistema Nissan ProPILOT irá evoluir para a condução autónoma em várias faixas e incluir capacidade de navegação até ao destino. Estas novas funcionalidades serão introduzidas no Japão no âmbito de um projeto piloto dentro de um ano.

  • 333