exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

MI - Mobilidade Inteligente

Nissan lança correção de software para LEAF de 30 kWh para "aumentar" a vida da bateria

A Galp optou por desligar completamente alguns Postos de Carregamento Rápido para evitar riscos de segurança relacionados com a deterioração de algumas fichas de carregamento

A atualização de software, que altera a forma como é calculada a autonomia e a capacidade da bateria do Nissan LEAF, também já está disponível em Portugal e promete mostrar a verdadeira degradação da capacidade da bateria deste elétrico

  • 333

Há alguns dias, a Nissan anunciou que tinha concluído que a grande perda de autonomia e de capacidade da bateria nos LEAF de 30 kWh identificada por alguns utilizadores era causada por uma falha de software. Falha que, segundo a marca japonesa, pode ser corrigida por uma simples atualização do software. De acordo com a Nissan Portugal, «a reprogramação do controlador resulta na exibição precisa da capacidade da bateria e da autonomia do LEAF», adicionando «não sendo um fator relacionado com a segurança, esta reprogramação é feita por qualquer concessionário oficial Nissan, quer por iniciativa do cliente, quer na primeira oportunidade de serviço de manutenção dos Nissan LEAF com bateria de 30kWh afetados».
De acordo com alguns relatos, sobretudo de utilizadores norte-americanos do Nissan LEAF com bateria de 30 kWh, a perda de capacidade da bateria chegava a atingir 25% em menos de 25 mil quilómetros. O que terá levado, inclusivamente, à substituição de algumas baterias por parte da Nissan – processo que ocorre dentro das regras da garantia da marca.
Agora, a marca garante que as perdas registadas não eram, afinal, causadas pela degradação real da capacidade da bateria, mas sim por falhas no software que calcula a capacidade de carga disponível.

A Nissan garante que esta atualização não vai mascarar qualquer degradação real nem alterar outros parâmetros do LEAF. Segundo a Nissan Portugal, «os proprietários do Nissan LEAF são dos nossos clientes mais satisfeitos e entusiastas, e as suas preocupações com o facto de, por vezes, o painel de instrumentos exibir valores de energia e autonomia restantes inferiores à quantidade real, foram analisadas por especialistas que desenvolveram uma nova versão do software para corrigir o cálculo usado para o medidor de nível de capacidade da bateria e a autonomia restante do veículo, que nalguns casos estavam de facto a ser erradamente calculados».

  • 333