exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

MI - Mobilidade Inteligente

O elétrico Mercedes EQC vai ser testado em condições limite

Os testes do futuro elétrico da Mercedes vão passar por Espanha, onde deverá encontrar condições especialmente difíceis para os veículos elétricos, com destaque para a temperatura elevada.

  • 333

O SUV EQC não é o primeiro elétrico da Mercedes, mas é o primeiro carro da marca alemã criado de origem para ser elétrico. E o primeiro da geração EQ, a plataforma que deverá originar vários modelos ele´tricos.

Os veículos de teste têm vindo a acumular quilómetros em situações particularmente difíceis. Após os testes de inverno, o SUV vai rumar a Espanha, onde, de acordo com o comunivado da Mercedes-Benz, «o EQC deverá cumprir um extenso programa de testes sob o calor tórrido do verão espanhol com temperaturas até 50° Celsius», adicionando «Será dada especial atenção a aspetos extremamente exigentes para os veículos elétricos como, o ar condicionado e o sistema de carregamento, bem como o sistema de arrefecimento da bateria, a cadeia cinemática e as unidades de controlo».

A Mercedes espera garantir que o EQC vai ter um comportamento exemplar independentemente das condições ambiente. Para a marca, «O desafio número 1 é o calor seco: enquanto a bateria de um veículo elétrico "simplesmente" perde energia quando está sujeita a baixas temperaturas, já a exposição a elevadas temperaturas comporta o risco de danos. A gestão destas características físicas é o objetivo dos testes extremos em Espanha. Um dos elementos que irá merecer destaque é, por exemplo, o circuito de arrefecimento da bateria: como irá suportar os elevados requisitos de transferência de calor? De que forma irá responder uma bateria quase totalmente carregada a um carregamento adicional? Qual a influência exercida pelo calor na autonomia do veículo?»

A marca alemã vai aproveitar as estradas espanholas também para testar descargas completas da bateria, utilização extrema do ar condicionado, pré-climatização do carro e estanquicidade relativamente ao pó.

O EQC vai ter um tempo total de desenvolvimento de quatro anos e 200 carros de teste vão percorrer estradas na Alemanha, Finlândia, Suécia, Espanha, Itália, Dubai, África do Sul, EUA e China.

  • 333