exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

MI - Mobilidade Inteligente

Novo Renault ZOE deverá ter bateria de 50 kWh de capacidade

Foto: https://insideevs.com/2nd-generation-renault-zoe-spied/

A nova bateria deverá permitir que o elétrico compacto da Renault atinja uma autonomia real de 400 km.

  • 333

Apesar de já ter sido sujeito a algumas evoluções de motor e de bateria, o Renault ZOE está ainda na primeira geração. Um novo modelo deverá chegar ao mercado entre 2019 e 2020 com, como seria de esperar, uma bateria de maior capacidade. Talvez ainda mais interessante, o ZOE deverá usar uma nova plataforma conjunta da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, que promete diminuir os custos de produção dos automóveis elétricos. Uma plataforma que é considerada essencial para aliança conseguir atingir custos de produção semelhantes entre veículos elétricos e de combustão. Esta plataforma deverá ser usada, por exemplo, por uma futura versão do LEAF e até por SUVs elétricos destas marcas. Apesar de aliança já ter alguns anos, estes fabricantes ainda não partilham plataformas na produção dos veículos elétricos disponíveis atualmente.

Tecnicamente, pouco se sabe sobre o novo ZOE. Mas de acordo com o InsideEVs, que publicou fotos do novo ZOE em testes de estrada (camuflado), a bateria vai ter uma capacidade de 50 kWh capaz de uma autonomia real máxima de 400 km. A versão atual tem uma bateria de 41 kWh. Outra novidade é o suporte para carregamento rápido DC (corrente contínua), uma característica ausente nos ZOE atuais. Este carregamento deverá ser feito via ficha CCS, o padrão dos carregamentos rápidos europeus. No entanto, o ZOE deverá manter a capacidade atual de carregar a potências elevadas através de AC (corrente alternada) através de três fases (22 kW).

A mesma fonte indica que o novo ZOE vai ser um pouco maior que o atual modelo

  • 333