exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

MI - Mobilidade Inteligente

Tesla prepara-se para “invadir” a Europa com o Model 3

De acordo com uma empresa de transportes, a Tesla prepara-se para enviar 3000 Model 3 por semana para a Europa a partir de fevereiro.

  • 333

Já não é novidade que a Tesla vai começar a entregar os Model 3 aos primeiros clientes na Europa a partir de fevereiro do próximo ano. Até já há preços para as versões que vão ser comercializadas inicialmente em Portugal: a opção Long Range, com uma autonomia WLTP de 544 quilómetros, vai ter um preço base de 60200 euros, enquanto a versão Performance, a mais potente (0 aos 100 km/h em 3,7 segundos), terá um preço base de 71300 euros.

Mas poucos esperariam que o ritmo de entregue fosse tão elevado como foi agora indicado pela Now International Car Operators, a empresa que deverá ficar com a responsabilidade de descarregar os carros vindos dos Estados Unidos num porto belga. Informação que foi divulgada pelo site Focus WTV. De acordo com esta informação, espera-se que sejam descarregados 3000 Model 3 por semana. São planos auspiciosos quando se considera que, segundo o European Alternative Fuels Observatory, foram vendidos um total de 146.200 veículos 100% elétricos durante 2018, ou seja, cerca de 2800 por semana, na Europa (União Europeia, EFTA e Turquia). A confirmar-se estes valores, a Tesla espera vender semanalmente mais Model 3 na Europa que todas as marcas juntas conseguiram vender, em média, durante este ano.

Ainda segundo a mesma informação, os Model 3 vão ser importados completos, ao contrário dos Model S e X que têm uma montagem final nas instalações da Tesla na Holanda – uma técnica necessária para reduzir a carga fiscal associada à importação.

Estes números parecem estar de acordo com as previsões que indicam que a Tesla terá uma capacidade de produção média de 7000 Model 3 por semana no início de 2019, mantendo um ritmo de entregas de 4000 por semana nos mercados norte-americanos (EUA e Canadá). Os 3000 restantes deverão ser os que serão encaminhados para o mercado europeu.

  • 333