exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Notícias

Investigador do Técnico ganha bolsa de dois milhões para converter laser em matéria e antimatéria

Luís Oliveira e Silva garantiu o financiamento necessário para levar a cabo experiências que poderão ser úteis para ilustrar uma das mais famosas fórmulas de Albert Einstein.

  • 333

Einstein terá formulado a teoria. Luís Oliveira e Silva poderá ilustrá-la caso consiga realizar aquilo a que se propõe: converter feixes de laser em matéria e antimatéria. O Professor do Departamento de Física e Presidente do Conselho Científico do Instituto Superior Técnico (IST) acaba de ganhar uma bolsa de 1,950 milhões de euros do Conselho Europeu de Investigação.

Com a bolsa agora atribuída, Luís Oliveira e Silva torna-se o primeiro investigador português da área das engenharias e ciências físicas a receber por duas vezes esta distinção e respetivo financiamento (em 2010, recebeu uma bolsa similar de 1,6 milhões de euros).

Com a bolsa agora atribuída, o investigador do Técnico terá agora a oportunidade de ilustrar diretamente a teoria da “equivalência entre massa e energia”, que foi formulada em 2005 por Albert Einstein. A teoria, expressa pela fórmula E=MC2, determina que a Energia é equivalente à multiplicação da massa multiplicada pela velocidade da luz em vácuo ao quadrado.

«Recorrendo aos maiores supercomputadores do mundo, o projeto, designado por InPairs, estudará ainda as propriedades coletivas resultantes da interação de fotões, eletrões e positrões na presença de campos ultra intensos. Estes ambientes extremos podem ser encontrados nalguns dos eventos mais espetaculares do Universo, como estrelas de neutrões e pulsares. Pretende-se também identificar como reproduzir estas condições extremas laboratorialmente, por exemplo no foco de lasers ultra intensos, e explorar a utilização essas configurações para produzir fontes de raios-gama de elevada qualidade», explica um comunicado do Técnico.

  • 333