exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Notícias

Apple processa empresa que permite criar iPhones virtuais

Foto: Justin Sullivan / Getty Images

«A Corellium oferece uma versão "virtual" dos produtos de hardware móvel da Apple, acessível para qualquer pessoa com um browser. (...) Fá-lo sem qualquer permissão ou licença da Apple», lê-se na acusação

  • 333

A Apple está a processar a Corellium, uma empresa que permite criar versões virtuais do iPhone e que tem como público-alvo investigadores de segurança informática. A tecnológica de Cupertino acusa a Corellium de violar a propriedade intelectual relacionada com o iPhone e exige que todos os serviços da empresa parem de funcionar.

De acordo com a publicação TechCrunch, a Apple está ainda a pedir uma indemnização – o valor não é de conhecimento público – e diz que tem sido prejudicada pela atividade da Corellium.

A plataforma da empresa processada, acessível através de browser, permite a um perito em segurança informática procurar bugs em versões virtuais do iPhone. Caso encontre um bug, é possível testar a falha também para versões anteriores do sistema operativo, com o objetivo de perceber quantos equipamentos estão vulneráveis.

Ao permitir que tudo isto seja feito de forma “virtual”, ou seja, não sendo necessário reformatar um iPhone físico com diferentes versões do iOS, a Corellium facilita a tarefa aos investigadores de segurança informática. Um perfil da empresa feito em 2018 na publicação Forbes apelidava-a de «paraíso» para os hackers da Apple.

Apesar de ser bastante popular entre a comunidade hacker, a Corellium também é um plataforma usada por programadores para verificarem o comportamento e compatibilidade das aplicações que estão a desenvolver em diferentes versões do iPhone.

O processo contra a Corellium surge numa altura em que a Apple reforçou o programa interno de segurança informática: além de ter aumentado o valor máximo das recompensas por falhas encontradas, também criou uma versão especial do iPhone só para hackers.

  • 333