exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Notícias

Já há carne criada no Espaço

Foto: 3D Printing Solutions / Space.com

Experiência a bordo da Estação Espacial Internacional usou um método de bioimpressão para criar um “bife espacial”

  • 333

Foi criada, pela primeira vez, carne no Espaço. Apesar de a experiência ter acontecido a 26 de setembro, os resultados só foram divulgados nesta terça-feira: foi possível criar tecido muscular de vaca com base num processo de bioimpressão.

De acordo com a publicação Space.com, o "cultivo" de carne no Espaço foi liderado pela empresa israelita Aleph Farms, que é especializada em criar carne de animal em laboratório.

Na experiência que decorreu a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS na sigla em inglês), foram usadas células de bovino para criar uma pequena amostra de tecido muscular. Isto foi possível graças a uma bioimpressora da empresa russa 3D Bioprinting Solutions – os materiais biológicos, como as células de bovino neste caso, são misturados com elementos que estimulam o crescimento, sendo depois colocados numa estrutura por camadas, semelhante ao que acontece nas impressoras 3D.

O processo, que já é usado na Terra, acaba por funcionar de forma diferente no Espaço por não existir gravidade. Enquanto na Terra a gravidade “puxa” as camadas impressas, o que obriga à utilização de estruturas de suporte, no Espaço é possível criar tecido animal sem a necessidade de qualquer estrutura de apoio.

A Aleph Farms está a desenvolver processos de criação de carne para tentar responder a problemas relacionados com a produção em larga escala de animais para consumo – tal como o impacto que têm no meio ambiente. «O nosso planeta está a arder e atualmente não temos mais nenhum. O objetivo principal é garantir que continua a ser o mesmo planeta azul que conhecemos ao longo das próximas gerações», explicou Yoav Reisler, gestor da empresa israelita.

Este primeiro teste abre também a possibilidade de, em missões espaciais futuras, ser possível criar carne com recurso a uma bioimpressora e sem serem necessários todos os recursos associados à produção animal tradicional e que não estão disponíveis, por exemplo, num planeta como Marte.

Apesar do tamanho reduzido de tecido muscular que foi produzido, a carne resultante desta primeira experiência no espaço é referida pela Space.com como o primeiro “bife espacial” da história.

  • 333