Desenvolvida vacina universal contra cancro

Sérgio Magno
09/04/2012 13:47

Investigadores desenvolveram uma vacina capaz de atacar uma molécula existente em 90% dos cancros.

A nova vacina de combate ao cancro promete atacar a maioria deste tipo de tumores e, de acordo com o The Telegraph, atua através do próprio sistema imunitário do paciente.

Segundo o mesmo artigo, os relatórios preliminares dos testes já efetuados são muito promissores, na medida em que a vacina desencadeou uma reação do sistema imunitário dos pacientes contra as células cancerígenas. O artigo recorda que, normalmente, o sistema imunitário humano não ataca as células cancerígenas porque não as considera uma ameaça. Até porque, ao contrário de vírus e bactérias, as células cancerígenas não são mais do que células do corpo que se tornaram malignas.

Os cientistas que desenvolveram a vacina planeiam agora fazer ensaios clínicos mais vastos para comprovar a eficiência da descoberta. A nova vacina poderá ser utilizada para combater eficientemente tumores malignos ainda numa fase inicial e para prevenir o regresso ou a progressão do cancro em doentes que estejam sob outros tratamentos.

O artigo não adianta qualquer previsão sobre a disponibilização desta vacina ao público.

Palavras-chave

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Testamos o sistema Garmin Vivofit, uma pulseira pequena, leve e confortável e com um ecrã que fica ligado até um ano. 

Fomos correr com o TomTom Multi-Sport Cardio e gostamos do sensor que mede as pulsações cardíacas através da emissão de um feixe de luz que atravessa a pele.  

Estivemos no Intel Developer Forum e mostramos os planos para termos computadores livres de cabos: conhecemos o WiDi e o Wireless Power para ligar portáteis e tablets a ecrãs e carregar baterias sem fios. 

Testamos um portátil de luxo da Asus, com um preço e características de topo de gama e que pode concorrer com o MacBook Pro.

Testamos um relógio inteligente da MyKronoz, o primeiro fabricante suíço de smartwatches. É bastante simples de usar e pode ser emparelhado via Bluetooth com smartphones Android e iPhones. 

A Não perder

Os smartwatches chegaram em força! Mas para que servem e quais são os que mercem lugar no nosso pulso? As respostas nesta edição.

EI Tv

Em destaque neste programa: reportagem sobre o SkyOrbiter, um satélite atmosférico feito em Portugal e outra com a Intel nos EUA. Testamos ainda o Asus ZenBook NX500.

Em destaque neste programa: reportagem sobre o drone Ar4 da Tekever e análises ao BQ Aquaris E5 FHD, ao smartwatch Mykronoz da ZeSplash e ao Huawei Ascend Mate 7.

O terceiro e último programa dedicado à IFA este ano. Em destaque neste programa: televisores com ecrãs planos e flexíveis, curvos e até com resolução 5K; uma seleção de wearables para o futuro próximo.

 

A Casa Branca e algumas instituições de ensino pretendem discutir o uso de robôs para minimizar os contactos entre doentes com Ébola e o pessoal médico. O objetivo é reduzir as probabilidades de contágio e disseminação.

X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .