Marinha dos EUA quer espiar consolas... de estrangeiros

Hugo Séneca
09/04/2012 10:39
uma Xbox prontinha para ser hackeada pela Marinha norte-americana

A Marinha dos EUA vai pagar a uma empresa para extrair dados de consolas: o objetivo é ver se foi passada alguma informação sensível através das consolas de videojogos.

A empresa que ganhou o concurso vai receber quase 180 mil dólares pela tarefa. O objetivo passa por extrair dados de consolas detidas por estrangeiros e verificar se está a ser divulgada informação considerada sensível. O processo de espionagem não pode ser aplicado a cidadãos dos EUA, segundo a legislação daquele país.

Na descrição, o concurso referia que o objetivo é que fossem criadas formas de vigiar consolas novas e usadas e que se conseguisse captar dados, noticia a ZDNet. A lista de tarefas da Obscure Technologias, empresa que venceu o concurso, inclui passar informação limpa (que não tenha dados de utilizadores) e monitorizar os sistemas online e offline.

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Veja como é que, ao usar tinteiros originais, pode conseguir imprimir mais folhas. 

Experimentamos o LG G3, o smartphone com o ecrã com maior resolução até ao momento.

Em destaque neste programa: a primeira licenciatura em Bioinformática em Portugal e as novidades do Peugeot 108.

Testamos uma câmara de ação da Sony que é bastante compacta e que oferece GPS. 

Analisamos a câmara de ação da Toshiba com uma caixa estanque e comando remoto para usar no pulso. 

A Não perder

Vá de férias descansado! A sua casa fica em segurança com as nossas dicas tecnológicas. E não vai gastar um cêntimo!

EI Tv

Em destaque neste programa: a primeira licenciatura em Bioinformática em Portugal e as novidades do Peugeot 108.

Em destaque neste programa: conheça a Coolfarm e veja as análises à Witbox da BQ, à Samsung NX30 e aos auscultadores Play H6 da Bang & Olufsen.

Em destaque neste programa: análise à TV Samsung HU 8500 e ao sistema operativo da LG WebOS. 

 

O gabinete do secretário de Estado da Cultura já fez seguir para várias entidades do setor da cultura uma nova proposta de taxas de Cópia Privada. O valor máximo da taxa não deverá superar os 25 euros.

X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .