Mulher paralítica corre maratona de Londres com fato biónico

Márcio Florindo
09/05/2012 12:24

Uma britânica de 32 anos correu 42 quilómetros com a ajuda de um fato biónico, um exosqueleto mecânico desenvolvido para pessoas paralisadas.

Na terça-feira, Claire Lomas, uma britânica de 32 anos, tornou-se na primeira pessoa a completar uma maratona usando um fato biónico.

A britânica terminou a maratona de 42 km 16 dias depois de esta ter começado, com a ajuda do exosqueleto ReWalk, criado por Amit Goffer.

Segundo o The Verge, Lomas ficou paralisada da cintura para baixo depois de ter partido o pescoço num acidente em 2007, enquanto cavalgava. Nos cinco anos que se seguiram ao acidente, Lomas fez skydiving, aprendeu monoski e voltou a cavalgar.

Em janeiro, foi-lhe emprestado um fato ReWalk, no valor de 53 mil euros para correr a maratona de Londres. A ideia era angariar dinheiro para o projeto Spinal Research, um fundo de caridade que faz pesquisa na área da paralisia causada por lesões nas costas e pescoço.

Os sensores do exosqueleto e o computador embutido detetam mudanças no peso e equilíbrio, o que origina movimentos nos membros inferiores. Estes movimentos são executados por pequenos motores, alimentados por uma bateria incluída na mochila integrada.

Veja aqui o vídeo do The Telegraph.

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Testamos uma pequena impressora que pode levar para qualquer lado e que pode ser usada para imprimir fotos a partir do telemóvel iOS ou Android. 

Testamos uns óculos de sol que incluem uma câmara e um microfone, o que lhes permite gravar vídeo e som em alta definição.

Testamos um monitor com resolução 4K, indicado para quem quer editar vídeos em ultra alta definição.

Testamos dois gadgets que ajudam a localizar objetos do quotidiano como chaves ou carteiras. Use o smartphone para evitar que se esqueça destes objetos em qualquer lado.

Testamos uma unidade SSD que usa as redes sem fios para receber e enviar dados.

A Não perder

 Não é preciso gastar 500 euros para ter um bom smartphone! É o que provamos nesta edição, onde analisamos e comparamos 27 smartphones dos 60 aos 250 euros

EI Tv

Em destaque neste programa:revelamos o serviço MB Way, que transforma o telemóvel em carteira e fomos até à AudioShow e à Lisboa Games Week.

Em destaque neste programa: testamos a EcoTank L555, a primeira impressora da Epson que usa tinteiros recarregados em casa e analisamos o convertível HP, com ecrã que roda completamente. 

Em destaque neste programa: conduzimos um superdesportivo amigo do ambiente e testamos um monitor para quer editar vídeo em ultra alta definição.

 

A empresa de anti-vírus Norton está a colaborar na criação de um par de calças com material que bloqueia sinais de rádio e evita ataques de hackers.

X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .