Investigador de Aveiro cria rolha que comunica com telemóveis

Hugo Séneca
21/01/2014 13:21

Imagine que passa ao pé uma garrafa e recebe uma mensagem descritiva das propriedades do vinho e do prazo de consumo recomendado. A rolha do futuro consegue fazer isto e muito mais.

Uma pequena antena RFID incorporada dentro de uma vulgar rolha de cortiça: aos olhos de quase toda a gente é quase uma rolha “normal”; para Ricardo Gonçalves, aluno de Doutoramento do Departamento de Engenharia Eletrónica, Telecomunicações e Informática  da Universidade de Aveiro, é um projeto de investigação e, eventualmente, uma promessa de negócio. Aquela rolha que quase ninguém consegue distinguir das rolhas tradicionais na verdade está apta a enviar informação através de comunicações de rádio para leitores compatíveis com a norma RFID, que depois podem re-encaminhar toda a informação para telemóveis, tablets ou PC.

Com a inclusão do chip RFID, a rolha desenvolvida em Aveiro já fica apta a enviar dados sobre números de série, preços recomendados ou prazos de consumo – mas o mentor do projeto foi ainda mais longe e acoplou um sensor de temperatura ao chip de rádio. O que permite obter informação útil sobre a qualidade do vinho e as condições em que foi conservado.

O recurso ao RFID limita a capacidade de comunicação com outros dispositivos p– e por isso, Ricardo Gonçalves admite vir a criar protótipos que têm incorporadas antenas para NFC, informa um comunicado da Universidade de Aveiro. Com o uso desta última tecnologia, já seria mais fácil comunicar diretamente com telemóveis – o que poderá ser especialmente valorizado por um consumidor quando quer escolher um vinho numa loja na sua garrafeira pessoal.

Ricardo Gonçalves recorda que a rolha do futuro também poderá ajudar a evitar eventuais fraudes, uma vez que «permite identificar as garrafas através da rolha sem depender de rótulos que podem ser removidos e adulterados».

O investigador da Universidade de Aveiro admite que esta rolha tecnológica é mais cara do que as versões tradicionais, mas acredita que o incremento no custo não chegará refletir-se no preço a que é vendida uma garrafa de vinho ou espumante. «Dada a disseminação dos sistemas RFID, esta tecnologia tornou-se bastante acessível, pelo que o aumento do custo é mínimo», garante o investigador da Universidade de Aveiro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Exame Informática n.º 422

Em destaque neste programa: visitamos o InnoFest para conhecer as novidades da LG e testamos o Lenovo Yoga Tablet 2 Pro, com um projetor integrado.

Exame Informática n.º 421

Em destaque neste programa: as novidades do Samsung Forum 2015 e já conduzimos o novo Nissan Pulsar.

Cisco Connect 2015

Estivemos na edição deste ano do Cisco Connect, um dos eventos mais importantes das Novas Tecnologias em Portugal. 

Os novos topos de gama da Samsung chegam em abril

A Samsung acaba de apresentar em Barcelona os Galaxy S: Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge. Os terminais vão estar disponíveis em abril em Portugal versões de 32, 64 e 128 GB. 

Kit Painel Solar Boa Energia em análise

Testamos um kit de autoconsumo Boa Energia: instale um painel solar diretamente na sua varanda e reduza a conta da eletricidade no fim do mês.

Exame Informática 238, abril

Explicamos como preparar as crianças para o futuro, apresentamos à maior análise jamais feita aos serviços de TV portugueses, mostramos um veículo do futuro desenvolvido em Portugal, testamos o primeiro smartphone Ubuntu...

EI Tv

Exame Informática n.º 422

Em destaque neste programa: visitamos o InnoFest para conhecer as novidades da LG e testamos o Lenovo Yoga Tablet 2 Pro, com um projetor integrado.

Exame Informática n.º 421

Em destaque neste programa: as novidades do Samsung Forum 2015 e já conduzimos o novo Nissan Pulsar.

Exame Informática n.º 420

Em destaque neste programa: mostramos um chão inteligente e revelamos os novos tablets Magalhães.