Três portugueses na lista de potenciais colonos de Marte

05/05/2014 14:42

O consórcio Mars One acaba de revelar os nomes dos candidatos apurados durante os testes de seleção dos primeiros exploradores do planeta vermelho. Há três portugueses na lista.

O Mars One acaba de revelar os 705 candidatos que passaram a próxima ronda de seleção de colonos que deverão rumar a Marte em 2023. Entre os apurados durante esta ronda, encontram-se três portugueses: Gracinda, de Santa Maria da Feira; André, de Lisboa; e João, de Lisboa (o Mars One apenas revela nomes e omite apelidos).

Na lista, é ainda possível encontrar uma brasileira de nome Norma, que concorre a partir de Portugal; e ainda uma ugandesa, de nome Deborah, que também apresentou candidatura a partir de Portugal.

Mais de 200 mil pessoas candidataram-se aos lugares disponíveis nas missões que a Mars One pretende lançar rumo a Marte, com o objetivo de criar a primeira colónia humana no Planeta Vermelho. O projeto, que prevê angariar financiamento através de parcerias com a indústria aeroespacial e a realização de reality shows, tem por objetivo o envio de 24 a 40 pessoas para o planeta vizinho.

No final de 2013, o Mars One revelou que apenas 1058 dos mais de 200 mil candidatos foram apurados durante a primeira fase de seleção. Hoje, soube-se que dos 1058 escolhidos na anterior ronda, apenas 705 aceitaram fornecer os relatórios clínicos e tornar públicos os respetivos perfis no Mars One – e por isso foram apurados para a fase de entrevistas pessoais com os responsáveis pelo projeto de exploração de Marte. 

«Estamos incrivelmente entusiasmados com o início da segunda ronda (de seleção), que nos vai permitir compreender melhor estes candidatos que decidiram fazer uma viagem tão arriscada. Agora, eles vão ter de dar a conhecer os seus conhecimentos, a inteligência, a capacidade de adaptação e a personalidade», refere Norbert Kraft, responsável clínico pelas missões Mars One, em comunicado.

Depois da ronda de entrevistas, voltará a ser feita nova seleção, com o objetivo de criar equipas internacionais compostas por dois homens e duas mulheres (o Mars One não revela o número de apurados da próxima ronda). Uma vez constituídas, estas equipas deverão dar início a um programa de treinos e testes. 

«Os treinos das missões a Marte serão o emprego a tempo inteiro destas pessoas. Todas as equipas e indivíduos poderão ser eliminados durante os treinos, se revelarem que não têm perfis adequados para as missões. O Mars One deverá repetir o processo de seleção regularmente para treinar mais equipas e substituir as equipas e tripulações de colonos que abandonaram a Terra para viver em Marte», refere o comunicado do Mars One.

A Exame Informática 221, que saiu para as bancas a 1 de novembro, revela as aspirações de alguns dos candidatos portugueses e várias questões humanas, técnicas e financeiras que envolvem o arrojado projeto iniciado por um milionário holandês. Entre os vários especialistas entrevistados nessa altura, há uma opinião que é comum: Mesmo que consigam fazer esta viagem, nenhum destes colonos conseguirá sobreviver e regressar à Terra.

Apesar das várias previsões pessimistas (muitas delas questionam mesmo a viabilidade do projeto do ponto de vista técnico e financeiro), o consórcio Mars One iniciou, recentemente, a construção dos primeiros simuladores das futuras colónias em Marte.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Samsung Galaxy S6 e S6 Edge em análise

Testamos os novos terminais topo de gama da Samsung. Ambos são exatamente iguais por dentro e constituídos apenas por uma peça, o que faz com que não se possa aceder à bateria. 

Wiko Ridge 4G em análise

A Wiko já ocupa o segundo lugar dos fabricantes de smartphones livres de operador. O Ridge 4G é um modelo de classe média e que apresenta uma relação qualidade-preço interessante. 

Nintendo 3DS e 3DS XL em análise

Já jogamos nas novas edições da Nintendo 3DS, que trazem ecrãs maiores face aos modelos anteriores, mas ainda não oferecem alta definição.

Lentes que ajudam daltónicos

Fomos até à Universidade do Minho onde está a ser desenvolvida uma nova geração de lentes que permite aos daltónicos identificarem todas as cores do arco-íris. As primeiras lentes poderão chegar ainda antes do final do ano.

Ford Mondeo 2.0 TDCi SW Titanium

Já conduzimos o Ford Mondeo. Este modelo prova que não é preciso investir numa marca de luxo para ter a melhor tecnologia a bordo.

Exame Informática 238, abril

Explicamos como preparar as crianças para o futuro, apresentamos à maior análise jamais feita aos serviços de TV portugueses, mostramos um veículo do futuro desenvolvido em Portugal, testamos o primeiro smartphone Ubuntu...

EI Tv

Exame Informática 434

Em destaque neste programa: revelamos os novos topo de gama da Samsung e conhecemos umas lentes desenvolvidas para ajudar os daltónicos

Exame Informática 433

Em destaque neste programa: jogamos nas novas consolas portáteis da Nintendo e mostramos o primeiro detetor de otites desenvolvido em Portugal

Exame Informática 432

Em destaque neste programa: testamos o primeiro phablet construído pela Google e conduzimos o novo Ford Mondeo.