exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Carros aprendem a conduzir a “ver” humanos

A Nvidia quer ajudar as máquinas a aprenderem por si só. As redes neuronais de inteligência artificial permitem aos carros autónomos aprenderem a conduzir sozinhos, só a “ver” o comportamento de humanos.

  • 333

O CEO da Nvidia explica que as novas fórmulas de aprendizagem das máquinas de inteligência artificial não passam só por equações de “Se...Então”. Os carros autónomos do futuro vão ser programados para aprenderem a reconhecer objetos e a aprenderem também qual a melhor solução para cada cenário, quando se deparam com estes objetos.

A Nvidia já apresentou a solução Drive PX, um computador que vai permitir aos carros autónomos aprenderem a conduzir. A solução deve estar disponível em maio e a Audi está entre os primeiros a mostrarem interesse, noticia a Cnet.

A primeira parte de todo o processo passa pelo reconhecimento de objetos. Para tal, a Nvidia analisa milhões de imagens captadas de fotografias ou vídeos, com os nomes de cada objeto e a respetiva classificação. Esta informação é carregada para uma rede neural apelidada de deep neural network. O sistema depois fragmenta a imagem, dividindo-a em padrões e texturas e aplica essa divisão em imagens que não foram carregadas previamente para detetar semelhanças. A solução já permitiu criar máquinas que conseguem reconhecer objetos com uma maior precisão do que os seres humanos.

Huang falou sobre o Project Dave, da DARPA, uma iniciativa em que os investigadores mostraram a um carro autónomo vídeos de seres humanos a conduzir, para que o carro aprendesse também a fazê-lo. Desta forma, o sistema ficou programado de uma forma mais flexível, encontrando sempre mais soluções disponíveis nos diferentes cenários de teste.

 

 

  • 333