exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Estudantes apagam fogo com ondas sonoras

Dois estudantes de engenharia da universidade George Mason, na Virgínia (Estados Unidos), criaram um novo tipo de extintor que recorre a ondas sonoras para apagar as chamas.

  • 333

Viet Tran, um estudante de engenharia computacional, e Seth Robertson, aluno de engenharia elétrica, desenvolveram um protótipo de um extintor que recorre a sons de baixa frequência.

De acordo com a Cnet, a tecnologia é baseada na forma como as ondas sonoras deslocam o oxigénio à medida que se movem pelo espaço físico, sendo que o fogo alimenta-se desse oxigénio. Na prática, os estudantes exploraram a ideia de que sufocar o fogo permite extingui-lo.

A dupla começou por perceber que a música não é adequada para esta tarefa, já que as ondas sonoras que produzem são inconstantes. Uma frequência de som mais alta fazia com que as chamas apenas vibrassem, sendo que as frequências mais baixas – 30 a 60 hertz – permitiam às ondas sonoras impedir que o oxigénio chegasse às chamas durante o tempo suficiente para sufocá-las.

A partir daí, o foco dos investigadores esteve na criação de um extintor portátil que possa ser facilmente manuseado. Recorde-se que a DARPA já tinha apresentado um extintor acústico que não podia ser facilmente deslocado em 2012, pelo que esta foi a primeira vez que foi criado um extintor que pode ser manuseado manualmente que não usa espuma, pó ou água.

Assim, os estudantes criaram um protótipo que consiste num gerador de frequências de som com um pequeno amplificador e com um colimador feito de um tudo de cartão com um buraco na ponta, para enviar as ondas para uma direção específica.

Saiba mais no vídeo abaixo.