exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Especialistas confundem nave com uma nova lua

Durante algumas horas, alguns especialistas acreditaram ter descoberto uma nova lua. Na verdade, tratava-se do telescópio Gaia, da Agência Espacial Europeia.

  • 333

O Minor Planet Centre, em Massachusetts, dedica-se a estudar e manter registo de todos os pequenos objetos que aparecem nos céus. Ontem, os investigadores publicaram a descrição do 2015 HP116, o que diziam ser um pequeno asteroide que tinha sido detetado pelo telescópio Pan-STARRS no Havai. Os analistas diziam mesmo que o objeto iria manter-se na órbita da Terra de outubro de 2014 até março de 2019, tornando-se temporariamente em mais uma lua do nosso planeta.

O único problema, relata a NewScientist, é que o objeto detetado não é nenhum astro, mas sim o telescópio Gaia, da Agência Espacial Europeia e que está a mapear estrelas na Via Láctea. Os investigadores demoraram 13 horas a publicar a retração em que dão conta do erro.

Já em 2007, o MPC emitiu um aviso sobre um objeto que estaria a passar bastante perto da Terra. Não passou de um falso alarme e o objeto avistado era a sonda Rosetta a caminho do encontro com o cometa 67P.