exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Universidade de Aveiro cria drone para monitorizar florestas

O drone desenvolvido na Universidade de Aveiro é especializado na monitorização do estado de saúde das áreas florestais. 

  • 333

O VANT, de veículo aéreo não tripulado, ou drone, tem tecologia para avaliar o impacto de vários fatores de stress que podem afetar florestas, como a falta de água, de nutrientes ou doenças provocadas por insetos ou fungos.

O objetivo deste drone é agilizar um processo que pode ser algo lento, quando é feito por técnicos à superfície. Numa primeira fase, o drone foi especializado em análises a zonas de eucaliptos, uma vez que é a espécie florestal dominante em Portugal, representando mais de 6% do total da superfície florestal, com 812 mil hectares, explica o comunicado da Universidade de Aveiro. O drone consegue monitorizar cerca de 50 mil metros quadrados a cada dez minutos e avaliar a eficácia de determinados tratamentos contra pragas.

A tecnologia foi desenvolvida com a colaboração dos departamentos de Biologia e Química da Universidade de Aveiro e com a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda. Trata-se de um «sistema de monitorização em que imagens multiespectrais (imagens adquiridas  em diferentes comprimentos de onda que resultam na captura separada de cores) são adquiridas através de um VANT de asa rotativa com propulsão elétrica que transportará um sensor multiespectral».