exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Turbinas eólicas sem pás? Sim, é possível

Uma emprega espanhola desenvolveu uma nova geração de turbinas eólicas com custos 40% inferiores aos das turbinas eólicas tradicionais.

  • 333

Preparado para ver uma turbina de nova geração? Então, não procure as pás gigantescas que a distinguem. Em Espanha, a empresa Vortex Bladeless já começou a trabalhar no conceito – e promete estrear, em 2017, turbinas que não têm pás que rodam com o vento, mas são constituídas por pilares que se movimentam para a frente e para trás com a passagem do vento. 

De acordo com a Wired, a empresa espanhola tira partido de um efeito que os arquitetos e engenheiros civis preferem evitar quando desenham um edifício, mas que pode ser usado para produzir energia a partir de diferentes forças causadas pelo vento. A captação do vento (que vai originar a oscilação e consequentemente gerar eletricidade) pode ser ajustada por ímanes para tirar o máximo partido das diferentes frequências a que o vento circula. 

Na base de cada uma destas turbinas, encontra-se um gerador que produz energia a partir dos movimentos que o vento imprime em toda a estrutura. 

A Vortex Bladeless admite que as novas turbinas eólicas produzem menos 30% de energia – mas essa limitação pode ser superada facilmente pelas vantagens do novo conceito. As turbinas sem pás custam menos 40% (custo de fabrico acrescido de manutenção) que as turbinas com pás. 

Além disso, ocupam menos espaço – o que também se repercute numa redução de custos ao nível do terreno necessário para alojar estes sistemas de produção de energia renovável.

  • 333