exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Construir um arranha-céus de 57 andares em 19 dias? Sim, é possível

A Broad Sustainable Building conseguiu construir um arranha-céus de 57 andares em 19 dias. A empresa aposta num modelo de arquitetura modular pré-fabricada.

  • 333

Peng Peng

Zhang Yue, presidente da BSB, explica que o seu modelo de arquitetura usa uma fórmula económica, ecológica, segura e limpa. Yue diz que construir desta forma pode ser um símbolo de luta contra a contaminação e a poluição que surgem no modelo de construção tradicional.

«As peças de edifícios que temos em catálogo são criadas nas nossas fábricas, já com todas as canalizações, ligações elétricas e tubagens de ar preparadas para ser ligadas. São transportadas em blocos para o local de construção e aí são montadas em tempo recorde pelo nosso pessoal especializado», explicou Jiang Yan, vice-presidente da companhia citada pelo El Pais.

Esta solução também pode ajudar a eliminar a corrupção do setor e trata-se de uma aposta segura: a empresa tem quase 50 edifícios construidos e nenhuma vítima mortal a lamentar. Por fim, a empresa explica que a solução de construção modular permite criar edifícios que têm um custo de manutenção mais reduzido: o T30, produto estrela do catálogo, consumiria 2,3 MW de energia se construído de forma tradicional, mas só precisa de 10% desse valor na realidade.

A BSB é especializada em sistemas de ar condicionado e oferece, com estas soluções, os seus produtos e aparelhos destinados a manter a qualidade do ar.

Os planos da empresa passam agora por construir desta forma o maior arranha-céus, com 838 metros, onde qualquer pessoa pode encontrar de tudo, desde maternidades a crematórios.


  • 333