exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Como juntar 100 milhões de dólares para procurar extraterrestres

Yuri Milner tem 100 milhões de dólares para apoiar a criação de um programa que vasculhe milhões de estrelas nas proximidades em busca de vida alienígena.

  • 333

O bilionário russo Yuri Milner anunciou um novo programa de incentivos no valor de cem milhões de dólares para se encontrar vida terrestre. A iniciativa é apadrinhada por Stephen Hawking e conta com a coordenação do pioneiro do SETI, Frank Drake. O SETI é, até agora, o maior programa de busca por vida extraterrestre, através de satélites gigantes colocados no SETI Institute.

«Acreditamos que a vida surgiu espontaneamente na Terra. Assim, num Universo infinito, têm de existir outras manifestações de vida. Estamos vivos, somos inteligentes, temos de o saber», assim descreveu Stephen Hawking esta iniciatia, cita a Popular Science.

A investigação chama-se Breakthrough Listen e tem como objetivo captar sons de de milhões de estrelas nas proximidades para detetar sinais de vida ET. Nos próximos dez anos, o programa vai analisar um milhão de estrelas, o centro da nossa galáxia e as cem galáxias mais próximas. A procura vai ser feita em cinco vezes mais frequências de rádio e cem vezes mais rápido do que nas vezes anteriores. Além das ondas de rádio, sabe-se que os investigadores vão tentar captar emissões de laser, que possam estar a ser usadas para a comunicação entre grandes distâncias.
Os cientistas terão ao seu dispor dois grandes telescópios: um na Virginia, EUA, e outro na Austrália. Por uma questão de coincidência, ambos começaram a aceitar investimentos do exterior na mesma altura e a equipa de Milner conseguiu garantir a sua utilização para o Breakthrough Listen.

Os utilizadores em casa vão poder doar os recursos do seu computador, através do SETI@Home e o código utilizado pelos telescópios é aberto, pelo que os outros investigadores de outros telescópios também possam dar o seu feedback.