exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Cientistas portugueses resolvem mistério com 350 anos

Investigadores da Universidade de Lisboa explicaram o mistério que durava há 350 anos sobre o motivo pelo qual pêndulos de relógios fixos na mesma parede se sincronizam automaticamente e balançam para lados opostos após algum tempo.

  • 333

Julian Spencer

O inventor do relógio de pêndulo, Christiaan Huygens, reparou em 1655 que os pêndulos de dois relógios na mesma parede acabam por se balançar de forma sincronizada e oposta ao fim de 30 minutos, sem qualquer influência externa. Agora, os investigadores da Universidade de Lisboa explicam que esse fenómeno de “simpatia” se deve a uma influência de pequenas forças exercidas sobre a viga de apoio. Os sinais sonoros emitidos pelo pêndulo acabram por se propagar do relógio para a parede e desta para o outro relógio, noticia a Live Science.

Henrique Oliveira, matemático, e Luís Melo, físico, testaram a interação do pêndulo numa parede imóvel, em vez de analisá-los numa placa móvel como fizeram os estudos anteriores. Este modelo tem a vantagem de poder ser independente da natureza física dos osciladores e poder ser usado em outros sistemas de oscilador que também apresentem a sincronização de bloqueio de fase, conclui o estudo.