exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Satélite elétrico da Boeing já começou a trabalhar

A Boeing construiu um satélite propulsionado a energia elétrica e que dispensa combustíveis. O ABS-3A 720SP já começou a ser operado em órbita.

  • 333

A ABS, uma operadora de telecomunicações, encomendou à Boeing a construção de um satélite para servir o mercado das Américas, Europa, Médio Oriente e África. A fabricante lançou o satélite a bordo de uma missão da SpaceX em março e entregou “as chaves” à ABS a 31 de agosto. Agora, o Slashgear noticia que o satélite já começou a operar.

A grande diferença deste satélite para os restantes é o método de propulsão. O 720SP usa propulsão através de energia elétrica e não precisa de combustível. A alimentação está a cargo de um Xenon Ion Propulsion System (XIPS). A Boeing estima que este sistema permita um ciclo de vida de 15 anos ao satélite, que se irá movimentar com quatro propulsores de 25 centímetros e que necessitam de apenas 5 kg de matéria prima por ano, sendo dez por cento mais eficientes do que as versões de combustível líquido.

A Boeing quer lançar um segundo satélite semelhante já no início de 2016, explicando que esta tecnologia permite o lançamento e manutenção a baixos custos