exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Volvo quer criar robôs que recolhem lixo

A Volvo entende que a recolha de resíduos domésticos pode ser um novo filão para o desenvolvimento de robôs e está a preparar um projeto que pode estrear-se em 2016.

  • 333

O ROAR, de Robot-based Autonomous Refuse Handling, está a ser desenvolvido pela Volvo, investigadores de três universidades e por uma empresa de recolha e tratamento de lixo. O fabricante automóvel idealizou um sistema em que pequenos robôs humanoides, ou não, carregam os contentores e caixotes para um camião, que se assemelha a uma nave mãe. É nesse camião que estará um humano, em frente a um painel de controlo para coordenar todas as operações.

O robô será desenhado pela Malardalens University e a Chalmers University fica responsável pela criação do software e algoritmo necessários. Além das duas instituições da Suécia, a Penn State University também irá colaborar, com a criação do painel de controlo, a interface e o sistema de comunicações de todo o projeto, noticia o PFSK.

Os robôs terão a cargo a tarefa de levantar os contentores e caixotes pesados, aliviando os seres humanos desse trabalho. A Volvo explica que «o objetivo do ROAR é mostrar que, num futuro próximo, poderemos contar com máquinas inteligentes para nos assistir num vasto leque de atividades na sociedade. A tecnologia pode ser aplicada em muitas áreas. A recolha de resíduos é apenas um exemplo».

A solução deve ser testada na Suécia já no próximo ano, pela Renova, uma empresa que tem 37 veículos movidos a gás natural e 16 camiões com motores elétricos híbridos.