exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Microporco geneticamente alterado à venda por 1600 dólares

Uma organização chinesa colocou à venda um porco de tamanho reduzido, geneticamente alterado, e que custa 1600 dólares. O preço pode ser alterado, de acordo com a procura e já se levantarm algumas vozes críticas.

  • 333

A BGI, o instituto de estudos de genoma na China, conseguiu criar microporcos geneticamente modificados. Agora, a organização colocou à venda alguns espécimes durante um encontro da especialidade, em Shenzen, por 1600 dólares. O porco criado pesa menos de 15 quilos em adulto e foi inicialmente desenvolvido para ser usado no estudo de bactérias do estômago humano e outras investigações científicas, noticia a Nature.

A BGI conseguiu criar este porco a partir de um clone de um pequeno porco Bama. De seguida, os cientistas usaram uma enzima conhecida por TALEN para desativar os genes recetores de hormonas de crescimento. O animal que daí resultou era ainda mais pequeno do que os porcos Bama e o passo seguinte passou por cruzá-lo com fêmeas Bama e percebeu-se que a descendência mantinha-se com um tamanho reduzido.

Os críticos alertam que estes animais podem ter riscos graves de saúde, embora a BGI afirme que não encontrou diferenças significativas. Estes cientistas defendem ainda que o processo se assemelha ao método de criação de raças puras, já usado em cães ou cavalos.