exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Macacos que gritam mais alto têm testículos mais pequenos

  • 333

Uma investigação da Universidade de Cambridge concluiu que os macacos com os testículos mais pequenos e menos esperma são os que gritam mais alto, em compensação, para conseguirem atrair fêmeas.

Britannica

A Natureza encarregou-se de oferecer equílibrio ao mundo dos primatas: sabe-se agora que quanto mais pequenos os testículos, maiores os órgãos vocais dos macacos gritadores. Jacob Dunn, da Universidade de Cambridge, explica que «há provas noutros animais onde os machos investem em aumentar o corpo, usar cores brilhantes ou armas como chifres ou caninos, mas não são capazes de incrementar a sua capacidade reprodutiva. Esta é a primeira evidência em todas as espécies de haver um trade-off entre o investimento vocal e a produção de esperma».

Os uivos dos macacos gritadores encontrados na América Central e do Sul são dos sons mais altos produzidos por animais na Terra. Os gritos chegam a ser ouvidos a 4,8 Km de distância, através de florestas densas, embora os macacos só pesem entre sete e dez quilos, explica a Cnet. As cordas vocais destes macacos estão ajustadas para permitirem estas comunicações e sabe-se que, quanto mais pequenos os órgãos reprodutores e a contagem de esperma, maior o aparelho vocal.

A equipa analisou os ossos hióides de 255 macacos, criou modelos 3D e cruzou essa análise com as restantes características de cada animal, como o peso, tamanho do crânio, dimensão dos caninos e volume dos testículos. Os investigadores encontraram uma relação entre o tamanho do hióide e o dos testículos. Os machos que viviam em grandes grupos, com grande competíção pelas fêmeas tinham o aparelho vocal mais pequeno e os maiores testículos.

Veja um vídeo com um resumo do estudo: