exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

O fim da Philae?

Em 2014, a missão Rosetta fez história ao aterrar com sucesso num asteroide. A aproximação foi atribulada e causou danos que podem ter precipitado o fim da missão.

  • 333

Os cientistas responsáveis pela missão da Philae explicam que o último contacto com a sonda data de julho de 2015. Desde aí, o silêncio é absoluto e «as hipóteses da Philae contactar com a nossa equipa no centro de controlo são próximas de zero», disse Stephan Ulamec, gestor da missão. Os investigadores também deixaram de enviar mensagens para a Philae, que está à superfície do Comet 67P/Churyumov-Gerasimenko, noticia o The Verge.

A sonda teve uma aterragem atribulada, que causou danos irreparáveis e condicionaram o sucesso da missão. A Philae acabou por estabilizar numa zona onde não recebe luz solar suficiente para conseguir enviar comunicações para Terra. No entanto, e apesar destes percalços, a equipa conseguiu completar algumas das tarefas que tinha em mente.

Agora, e com a aproximação de uma altura em que as temperaturas no cometa vão baixar para níveis que tornam impossível a operação da sonda, os investigadores parecem resignados e a aceitar o fim da missão.