exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

O sistema nervoso da costa portuguesa

Carlos Paes (Ilustração); Hugo Séneca (Texto e Vídeo)

  • 333

Ondógrafos, marégrafos, radares e bóias paramétricas - todos juntos, estes dispositivos criam uma rede que funciona como o sistema nervoso que permite detetar movimentos rotineiros ou incomuns nas imediações da costa de Portugal Continental.

Carlos Paes (Ilustração); Hugo Séneca (Texto e Vídeo)

Com o projeto Sub-Eco, o Instituto Hidrográfico conta instalar hidrofones ao longo da denominada margem continental portuguesa. O Instituto Hidrográfico (IH) conta ter concluído o projeto Sub-Eco dentro de três a quatro anos. Nessa altura, os hidrofones, que estão a ser desenvolvidos pela empresa Marsensing em parceria com o Centro de Investigação Tecnológica do Algarve (Cintal), ficarão aptos a escutar tanto animais marinhos como embarcações – e poderão atuar como “postos de vigia” avançados, a 30 a 60 milhas náuticas da costa.

O Sub-Eco é apenas a mais recente aposta tecnológica do estado português com o propósito de criar uma rede de sensores de diferentes tipologias que permita funcionar como um sistema nervoso da costa portuguesa. Além dos hidrofones, a monitorização da costa continental recorre a marégrafos, radares e ondógrafos.

Luís Quaresma dos Santos, investigadores do IH, recorda que o hidrofones podem complementar a ação dos radares, com a captação de sons mais longínquos e a possibilidade de localizar a origem dos sons. «No futuro, poderemos replicar esta rede de sensores nos Arquipélagos da Madeira e dos Açores, à medida que conseguirmos garantir os financiamentos necessários», prevê o investigador do IH.

Clique no mapa interativo que se encontra no topo deste artigo para conhecer os diferentes sensores instalados (ou que vão ser instalados) ao longo da costa continental portuguesa. No vídeo, a balaixo pode descobrir mais pormenores sobre as tecnologias de monitorização marinha que têm vindo a ser instaladas pela Marinha Portuguesa e pelo Instituto Hidrográfico.

  • 333