exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Kloten prepara-se para receber as “olimpíadas biónicas”

Hugo Séneca

  • 333

Na Cybathlon, os concorrentes são chamados a executar tarefas do dia-a-dia com próteses biónicas. A competição está agendada para 8 de outubro, na Suíça.

Ainda não existem olimpíadas biónicas, mas não falta quem considere a Cybathlon como umas olimpíadas biónicas. O novo evento desportivo, que junta concorrentes que competem munidos de próteses eletrónicas, arranca a 8 de outubro em Kloten, arredores de Zurique, Suíça. São esperados mais de 50 concorrentes dispersos por seis modalidades.

A comparação com as paraolimpíadas é incontornável – até porque ambas competições envolvem desportistas com deficiências físicas e motoras. Mas também há diferenças: na Cybathlon, os concorrentes têm de enfrentar provas e desafios que estão relacionados com o dia-a-dia, como o controlo de uma cadeira de rodas sobre obstáculos ou apenas subir e descer escadas com uma prótese mecânica que substitui uma perna.

Além de pretender funcionar como uma mostra de tecnologias de próteses, a Cybathlon pretende centrar a atenção para as dificuldades que as pessoas com limitações motoras têm de enfrentar diariamente. «Os desportos para pessoas com deficiências passaram a chamar a atenção do público, muito por força das paraolimpíadas de Londres (em 2012), mas as pessoas continuam a não ligar muito aos problemas que as pessoas com deficiências ou fraquezas físicas têm de enfrentar todos os dias», refere Kevin Evison, concorrente do Cybathlon que foi entrevistado pela BBC.

A Cybathlon é composta por seis modalidades: corridas com próteses de pernas, corridas com exosqueletos desafios para próteses de braços, corridas de cadeiras de rodas, corridas de bicicletas estimuladas por músculos e videojogos comandados por atividade cerebral.

Pode ter uma ideia do que será o Cybathlon, clicando no vídeo inserido nesta página.

  • 333