exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Açores: vem aí uma nova antena para rastrear satélites

O Governo anunciou que a Agência Espacial Europeia deverá deslocar para os Açores uma antena de 15 metros que terá como objetivo rastrear satélites. O AIR Center começa a ganhar forma

  • 333

Santa Maria, a ilha mais oriental do Arquipélago dos Açores, vai albergar mais uma infraestrutura da Agência Espacial Europeia. Na próxima segunda-feira, Manuel Heitor, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior vai assinar em Paris um protocolo com vista à instalação de uma antena de 15 metros, que terá por objetivo fazer o rastreio de satélites.

A instalação da nova antena de rastreio de satélites pretende dar início a uma nova fase do denominado Azores International Research Center (AIR Center). «Esta antena e o sistema desenvolvido pela ESA, o European Space Tracking (ESTRACK), permitirá a Portugal reforçar a oferta de serviços terrestres para a ESA a partir dos Açores, bem como para outros operadores internacionais na área do espaço, nomeadamente ao nível de futuras missões científicas, exploração robótica, observação da Terra e, sobretudo, futuros lançadores de satélites», refere um comunicado do governo português.

Sem avançar datas, o mesmo comunicado governamental adianta ainda que a antena da ESA que vai ser instalada em na ilha de Santa Maria virá de de Perth, na Austrália. Na Ilha de Santa Maria, já se encontra atualmente uma antena de 5,5 metros que tem como funcção rastrear os lançadores que descolam da Guiana Francesa com o propósito de enviar satélites ou outros veículos espaciais para fora da atmosfera.

A vinda de mais antena de rastreio pretende reforçar o projeto que tanto o Governo Regional como o Governo da República têm vindo a trabalhar desde o início do ano em torno do centro internacional de investigação nos Açores, que é conhecido pela sigla AIR Center. O Air Center pretende potenciar a localização privilegiada do arquipélago no meio do Atlântico Norte, para captar projetos e equipamentos de investigação relacionados com o estudo do Espaço, oceanos e alterações climáticas.

Em jeito de divulgação, os representantes dos governos dos Açores e da República têm vindo a participar em workshops no estrangeiro, que dão a conhecer o AIR Center. Em 29 de setembro Manuel Heitor, Fausto Brito e Abreu, secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores, e Paulo Ferrão, presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia deverão marcar presença no quarto workshop relacionado com o AIR Center, que está agendado para Paris.

No evento, deverão estar presentes representantes das empresas Critical Software, Elecnor Deimos, Edisoft, GMV, Omnidea, Tekever e Airbus Safrane, bem como do Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ), Centro para a Excelência e Inovação da Indústria Automóvel (CEIIA), Instituto Dom Luís, Instituto Pedro Nunes (IPN) e Universidade do Porto.

  • 333