exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Cientistas alemães querem ir à Lua revisitar o ponto de aterragem do Apollo 17

Há várias organizações privadas na corrida da Google Lunar Xprize. Um dos grupos participantes pretende chegar ao local onde o Homem aterrou na Lua e analisar um carrinho deixado para trás.

  • 333

Exame Informática

Os PartTimeScientists são um grupo alemão de investigadores na Google Lunar Xprize. A equipa é a quarta a agendar um voo para a Lua, ao abrigo desta competição, com a deslocação a ser contratada à Spaceflight, Inc. Estes investigadores pretendem aterrar perto do local onde a Apollo 17 ficou na Lua e analisar o buggy que os astronautas Gene Cernan e Harrison Schmitt deixaram para trás, noticia a Popular Science.

A competição da Google prevê um prémio de 30 milhões de dólares para os investigadores que conseguirem colocar uma sonda na Lua, percorrer 500 metros à superfície e enviar imagens de alta definição de volta para a Terra até ao final de 2017.

A NASA estabeleceu que, por motivos de segurança, a sonda não deve chegar a menos de 200 metros de distância do local de aterragem da Apollo 17. As conclusões de como o buggy está atualmente, 40 anos depois, podem ajudar a criar os planos para o estabelecimento de uma base permanente na Lua.