exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Remendo impresso em 3D pode ajudar a recuperar de ataques cardíacos

Investigadores na universidade de Minnesota, EUA, estão a desenvolver um remendo impresso em 3D feito para incorporar células estaminais que pode recuperar tecidos danificados no coração. Os primeiros testes estão a ter resultados promissores.

  • 333

Ruben Nascimento Oliveira

Uma equipa de engenheiros biomédicos criou um remendo impresso em 3D que pode ajudar a recuperar tecidos danificados do coração após um ataque cardíaco.

O grupo utilizou uma técnica de Bioimpressão 3D para incorporar células estaminais derivadas de um coração humano numa matriz que quando começou a crescer não só replicou as estruturas normais do tecido como manteve um batimento em sincronia.

O remendo já foi testado num rato, e após quatro semanas, os investigadores notaram um aumento significativo na capacidade funcional do coração. Eventualmente, o remendo acabou até por ser absorvido pelo coração, não tendo assim havido sequer a necessidade de mais operações para garantir que este não fosse rejeitado, ou seja este tornou-se parte do corpo do pequeno roedor.

Segundo a equipa, os primeiros testes estão a ter resultados bastante promissores, e acreditam que é apenas uma questão de tempo para que se consiga fazer um remendo à escala do ser humano.

  • 333