exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Ouvir música ajuda mesmo à concentração?

Investigadores têm analisado o efeito de ouvir música enquanto se trabalha. As conclusões de um estudo recente mostram que ouvir música só ajuda quando se tem em mãos uma tarefa mais criativa.

  • 333

Exame Informática

Na década de 1990, os media chamaram a atenção para um estudo que mostrava que ouvir música de Mozart (e depois vários outros estudos subsequentes sobre Blur, Schubert ou até do audiolivro de Stephen King) permitia aumentar a performance de rotação espacial, que é descrita como rodar uma forma 3D mentalmente para verificar se equivale a outra forma ou não. Mais tarde, estes estudos passaram a não estar relacionados com a música de um artista ou outro e descreveram as condições ótimas para se conseguir trabalhos mais criativos, noticia o The Conversation.

Para tarefas que exijam mais concentração, os investigadores da Academia de Ciências da China descrevem o efeito do som irrelevante. Nestes estudos, os utilizadores são convidados a memorizar sequências de letras e números, enquanto ouvem música. Mesmo que sejam faixas do seu agrado, a memorização tende a ser pior quando há música do que quando só há silêncio. O efeito do som irrelevante mostra que é difícil processar duas fontes de informação que chegam em simultâneo, seja a música e as sequências de letras ou números, seja a música e um trabalho que exija mais concentração.