exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Cientistas clonam macacos através do “método Dolly”

Zhong Zhong e Hua Hua são dois macados clonados por investigadores chineses usando o método que deu ao mundo a ovelha Dolly.

  • 333

Exame Informática

Investigadores da Academia de Ciências na China anunciaram que conseguiram aplicar o método SCNT, de somatic cell nuclear transfer, popularizado em 1996 na altura em que apareceu a ovelha Dolly. Os macacos são gémeos e o seu ADN foi retirado de células fetais de outro macado. O ADN foi integrado em células que tinham sido previamente tratadas e, com uma série de outros componentes e reprogramação celular, acabou por dar origem a Zhong Zhong e Hua Hua. Os dois macacos nasceram há sete semanas e têm vindo a desenvolver-se normalmente, noticia o Cell.

O método SCNT teve de ser aprimorado e otimizado até poder ser aplicado neste projeto e foram criados 109 embriões, dos quais 79 foram implementados em 21 hospedeiros, levando à gravidez em seis. Daí, só as fêmeas Zhong Zhong e Hua Hua tiveram um bom resultado.

Apesar do sucesso, estas não são as primeiras crias de primata a serem clonadas. Esse feito foi conseguido em 1999, com Tetra, que foi criado com outra técnica.

O objetivo dos investigadores chineses é ajudar à Ciência para tornar mais fácil o estudo e descoberta de doenças genéticas. As investigações em primatas, por ser cara e criadora de dilemas éticos, tem caído em desuso, especialmente no Ocidente, algo que estes cientistas querem mudar gradualmente.

  • 333