exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

SpaceX quer bater recorde com reutilização de lançador em menos de 24 horas

A atual versão do lançador do Falcon vai ter o seu último voo no dia 29 de junho, com a 15ª missão de fornecimento à Estação Espacial Internacional. Com a nova versão, a SpaceX quer ser capaz de reutilizar o foguetão em apenas 24 horas.

  • 333

Exame Informática

Cada lançador Falcon é capaz de voar duas ou três vezes, o que não é suficiente para a SpaceX que pretende ter voos espaciais diariamente. Assim, a empresa está a preparar a última missão do Block 4 durante estes dias. Depois, entrará em cena o Block 5, que a empresa promete ser mais capaz e reutilizável durante mais vezes.

A versão atual, B1045, foi desenvolvida pela SpaceX para a NASA. Nesta última vez, a missão de reabastecimento da ISS foi preparada em apenas dois meses. O Falcon não vai tentar sequer aterrar e a opção anunciada desde já é o despenhar no oceano Atlântico, lembra a Wired.

Agora, segundo Musk, vamos ter mais um lançamento este ano, agora com o Block 5 a alimentar os Falcon. O objetivo é que o lançador possa ser reutilizado no próprio dia, sem que seja precisa qualquer manutenção. Este lançamento deve acontecer ainda este ano. Em teoria, o Block 5 pode fazer dez voos até precisar das primeiras intervenções ligeiras e depois pode chegar a voar até cem vezes.

A NASA pede ainda que a SpaceX faça mais seis voos com o Block 5 antes de poder avançar com a Demo-1 e antes de dezembro, para poder manter-se a tempo no calendário.

  • 333