exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Telescópio Hubble capta 15 mil galáxias numa só imagem

NASA, ESA, P. Oesch (University of Geneva), e M. Montes (University of New South Wales)

A NASA tirou partido dos dados captados pelo telescópio espacial para criar uma imagem com características únicas

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

«Lá em cima, há planícies sem fim…» já dizia o mítico genérico da série Era uma vez… o Espaço e o telescópio Hubble ofereceu mais uma prova disso. Combinando os dados obtidos pelo telescópio espacial com luz ultravioleta e com infravermelhos, a NASA construiu uma imagem que permite aos astrónomos ver as estrelas nascidas nos últimos 11 mil milhões de anos (uma vez que a luz de galáxias distantes demoram tanto a chegar até nós é possível ver através do tempo) e que engloba 15 mil galáxias.

A NASA, citada pela Cnet, considera a imagem «uma das maiores vistas panorâmicas do fogo e fúria do nascimento de estrelas num universo distante». A imagem agora criada é 14 vezes maior do que uma de 2014 igualmente fornecida pelo Hubble.

  • 333