exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Teresa Lago assume hoje liderança da União Astronómica Internacional

A investigadora portuguesa escolheu a inclusão como tema para o mandato trianual naquela que é uma das principais organizações dedicadas à astronomia do Mundo

  • 333

Depois da nomeação anunciada há três anos, Teresa Lago, astrónoma fundadora do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto e professora catedrática jubilada, assume hoje o cargo de secretária-geral da União Astronómica Internacional (UAI).

De acordo com o Público, a investigadora portuguesa, de 71 anos, escolheu a inclusão como tema para o mandato trianual naquela que é uma das principais organizações dedicadas à astronomia do Mundo.

«A questão da inclusão é também a inclusão de regiões e de pessoas que têm limitações físicas – incluindo pessoas cegas, que têm direito a aprender astronomia e a trabalhar em astronomia – e a inclusão até na vida diária, porque o conhecimento dá poder», comentou a astrónoma quando inquirida pelo Público.

Na UAI, Teresa Lago vai liderar uma organização com mais de 13 mil membros de 100 nacionalidades. Durante o mandato, a investigadora terá como principal missão aplicar o primeiro plano estratégico global da UAI. A criação de um Gabinete de Astronomia para a Educação é outra das tarefas já assumidas.

A secretaria-geral da UAI é apenas mais um capítulo no extenso currículo da investigadora que, nos anos 1980, partilhava com mais dois colegas o estatuto de únicos astrónomos profissionais portugueses. Além de redatora do Plano Nacional para o Desenvolvimento da Astronomia, Lago foi a responsável pela proposta de associação de Portugal ao Observatório Europeu do Sul

Ajudou a fundar o Conselho Científico do Conselho Europeu de Investigação e desenhou o plano de criação do Planetário do Porto. Ainda na década de 1980 foi distinguida com o prémio, da Sociedade Americana de Astronomia e é desde 1992 membro da Academia Europeia, informa a Wikipédia.

  • 333