exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Avaria mecânica deixa Hubble em “modo de segurança”

NASA, ESA, P. Oesch (University of Geneva), e M. Montes (University of New South Wales)

Um dos seis giroscópios do Hubble avariou e deixou o Telescópio em modo de segurança. O plano dos investigadores e responsáveis pela missão é recuperar um dos outros, que também já tinham avariado.

  • 333

Exame Informática

O Telescópio Hubble está em apuros: dos seis giroscópios usados para o manter apontado para um local, de forma fixa e prolongada, apenas três estavam a funcionar corretamente. Na sexta-feira, a conta de Twitter @NASAHubble publicou uma mensagem que dava conta de que mais um giroscópio tinha deixado de funcionar, o que faz com que apenas dois estejam operacionais.
Rachel Osten, a responsável pelo observatório, revelou que o plano é tentar recuperar um dos giroscópios que tinham avariado anteriormente, para colocar o Hubble de novo nos mínimos necessários, noticia o Engadget. Esta recuperação poderá demorar semanas, o que coloca o Telescópio agora em “modo de segurança”.

Os investigadores explicam que não há diferença prática entre usar apenas um ou dois giroscópios para as observações. O único impacto sente-se na capacidade de apontar e estabilizar o telescópio, especialmente durante períodos prolongados. Além disso, já estava previsto que este momento chegasse e o plano sempre passou por colocar o Hubble a funcionar com um giroscópio se atingissemos este ponto. Com esta estratégia, os cientistas conseguem continuar a receber mais observações e dados.

Em 2009 aconteceu a última intervenção no Hubble e todos os seis giroscópios foram substituídos. Nessa altura, previa-se o normal funcionamento até 2015, meta que foi ultrapassada.

Agora, a NASA compromete-se a manter o Hubble a funcionar o máximo de tempo possível, até porque o substituto, o James Webb Space Telescope, foi adiado e só deve ser lançado em 2021.