exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Inteligência Artificial vai criar perfumes

A Boticário lançará dois perfumes criados a partir desta tecnologia já no próximo ano

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

A IBM juntou-se à Symrise, uma empresa que cria fragrâncias, para desenvolver uma Inteligência Artificial (IA) capaz de inventar perfumes. Batizada de Philyra – ou Filira, que na mitologia grega era a deusa do perfume –, recorre a machine learning para analisar milhares de ingredientes, fórmulas e tendências para criar combinações únicas.

O objetivo da IBM não é substituir os perfumistas por máquinas, mas sim ajudá-los na criação de algo novo, salienta o Engadget. Assim, a Philyra pega em milhares de fórmulas e materiais para identificar padrões e novas combinações que poderão dar origem a um aroma que ainda não haja no mercado.

A Philyra está, neste momento, a desenvolver dois perfumes que deverão ser lançados a meio do próximo ano pela Boticário.

No futuro, a Symrise pretende disponibilizar esta tecnologia a perfumistas de todo o mundo e usá-la para ajudar a treinar estudantes.

Pode saber um pouco mais sobre a Philyra no vídeo abaixo.