exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Células de combustível baseadas em água convertem CO2 em eletricidade

O problema das emissões poluentes continua presente e os investigadores tentam encontrar múltiplas soluções. Uma equipa do Japão pretende usar água para “dissolver” o dióxido de carbono e convertê-lo em eletricidade.

  • 333

Exame Informática

Investigadores do Ulsan National Institute of Science and Technology (UNIST), no Japão, criaram um sistema capaz de produzir continamente eletricidade e hidrogénio ao dissolver dióxido de carbono numa solução aquosa. Os cientistas inspiraram-se no facto de que muito do CO2 produzido atualmente ser absorvido pelos oceanos, aumentado a acidez da água. O conceito desenvolvido no Japão envolve também absorver o dióxido de carbono na água para produzir uma reação eletroquímica. Quando a acidez sobe, o número de protões aumenta e estes atraem eletrões.

Este processo pode ser usado para criar uma bateria onde a eletricidade é produzida com a remoção do dióxido de carbono, noticia o Digital Trends. Os elementos da bateria são semelhantes aos da célula de combustível, com um cátodo, um separador e um ânodo (catalisador). Os catalisadores ligam-se ao cátodo através de um cabo de chumbo e a reação começa com a injeção de CO2 na água. O sistema gera eletricidade e hidrogénio e pode funcionar de forma ininterrupta.

Os testes atuais, realizados em pequena escala, permitiram uma eficiência de cerca de 50%, valor considerado bastante positivo e promissor.

  • 333