exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Consegue prever uma falha numa turbina? Então tente a sorte com a EDP

Photo by Supoj Buranaprapapong

A EDP anunciou um prémio de 5000 euros para quem desenvolver o melhor modelo de previsão de falhas em turbinas eólicas. O concurso tem por base dados da própria distribuidora de eletricidade

  • 333

É uma hackathon online e pode valer um prémio de cinco mil euros para o primeiro prémio: a EDP anunciou o lançamento de um concurso para a captação de modelos que permitam prever com precisão a ocorrência de uma ou mais falhas em turbinas eólicas. O desafio, que tem por ponto de partida a disponibilidade de dados à comunidade, dá pelo nome de EDP Open Data. As candidaturas fecham a 1 de maio, informa a distribuidora de eletricidade.

A 2ª hackathon da EDP tem por destinatários preferenciais estudantes, cientistas e startups. Com esta hackathon, a EDP pretende recolher propostas de desenvolvimento de ferramentas que permitam detetar antecipadamente falhas em turbinas elétricas, que permitam agendar intervenções técnicas e paragens nos sistemas de produção de energia.

«O desafio de manutenção preditiva está disponível na plataforma online EDP Open Data, lançada recentemente pela empresa para disponibilizar os dados operacionais de vários negócios em que opera. O EDP Open Data disponibiliza para já dados técnicos de alguns parques da EDP Renováveis, eólicos e solares, e qualquer pessoa pode ver e analisar a produção de energia limpa, a disponibilidade das turbinas e painéis, as condições meteorológicas e outros dados técnicos», informa o comunicado da EDP.

Além do desafio relacionado com turbinas elétricas, o EDP Open Data poderá expandir a lógica dos “dados abertos” para outras áreas relacionadas com as atividades da distribuidora de elétrica. «O objetivo da plataforma EDP Open Data é, em breve, disponibilizar dados de outras unidades de negócio do grupo, que está presente em 16 países, na geração, distribuição e comercialização de energia», refere o comunicado da EDP.

  • 333