exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

NASA quer voltar à Lua ainda este ano

A agência espacial norte-americana anunciou a intenção de construir uma base lunar permanente e os primeiros voos podem sair ainda este ano.

  • 333

Exame Informática

Durante uma conferência dedicada aos planos de expansão lunar, os administradores da NASA revelaram a intenção de construir uma base permanente na Lua e que o «desejo é voar ainda este ano». Os responsáveis Thomas Zurbuchen e Jim Bridenstine vão mais à frente e admitem que planeiam incentivar financeiramente a rapidez de entrega.

A NASA está agora dependente da prontidão com que os seus parceiros comerciais vão conseguir cumprir as próximas etapas do projeto, que serão reveladas ainda este mês. Com a compensação financeira prometida, é expectável que os fabricantes e outros parceiros consigam entregar as soluções necessárias. A administração de Donald Trump tem colocado um enfoque grande no retorno à Lua e no assegurar de uma presença lunar constante. A base pode passar por uma gateway em órbita e novas sondas à superfície.

Em novembro, a NASA já tinha nomeado os parceiros escolhidos: Astrobotic Technology, Deep Space Systems, Draper, Firefly Aerospace, Intuitive Machines, Lockheed Martin Space, Masten Space Systems, Moon Express e Orbit Beyond. Zurbuchen deixou implícito que só uma destas empresas conseguirá provavelmente cumprir a primeira tarefa, embora os planos só venham a ser conhecidos nas próximas semanas.